Proposta de Redação: A igualdade de gêneros em discussão no século XXI.

 

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos contruídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema A igualdade de gêneros em discussão no século XXI, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.
TEXTO 1
Em meio à temporada de premiações nos Estados Unidos, que terminou no domingo com o Oscar, atrizes famosas têm levantado a voz contra o que classificam como demonstrações de machismo da mídia e da indústria. Atrizes como Cate Blanchett, Julianne Moore e Emma Stone vinham se recusando a apenas exibir seu “visual” nos tapetes vermelhos, alegando que, enquanto seus colegas homens recebem perguntas relacionadas a carreiras e papéis nos filmes, para elas, sobram questões sobre vestidos, penteados e dietas.
A campanha com o slogan #AskHerMore (“pergunte mais a ela”) foi encampada pela atriz Reese Witherspoon, que concorreu ao Oscar de melhor atriz, e pela comediante Amy Poehler, apresentadora da última edição do Globo de Ouro e estrela do seriado Parks and Recreation. Horas antes da cerimônia, nas redes sociais, Witherspoon falou sobre a campanha, que foi usada em eventos recentes para estimular os repórteres a perguntarem às atrizes sobre seu trabalho. “Há tantas indicadas incríveis e talentosas neste ano! Vamos ouvir suas histórias! Espalhem a ideia”, disse. A atriz disse que gostaria de ouvir mais perguntas como “qual foi o maior risco que você correu e sente que valeu a pena?” e “de qual das suas conquistas você mais tem orgulho?”.
Ao ser entrevista no tapete vermelho do teatro Dolby, onde aconteceu a entrega do Oscar, ela disse que o movimento pretende mostrar que as atrizes são “mais do que seus vestidos”. “Estamos muito felizes de poder estar aqui e falar sobre o trabalho que fazemos. É difícil ser uma mulher em Hollywood ou em qualquer indústria”, afirmou.
O grupo Representation Project, responsável pela campanha #AskHerMore, pediu que a hashtag fosse usada pelo público para pressionar os entrevistadores do Oscar, alegando que “muitas vezes os repórteres focam mais na aparência feminina do que em suas conquistas”.
A atriz Patricia Arquette, premiada como melhor atriz coadjuvante por Boyhood, protagonizou um dos momentos mais importantes do Oscar 2015 ao fazer um discurso pela igualdade de direitos e de salários para as mulheres. “Para todas as mulheres que tiveram filhos, para cada uma das cidadãs e pagadoras de impostos desta nação, nós lutamos pelos direitos de todos. É o nosso momento de ter igualdade de direitos de uma vez por todas para as mulheres nos Estados Unidos.”

Disponível em: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2015/02/ 150222_oscar2015_machismo_pai. Acesso em 23 fev 2015 (adaptado).  

TEXTO 2

  0

Disponível em: https://afamiliaaumentou.files.wordpress.com/2013/12/ f689a-igualdade_oportunidades_genero.jpg. Acesso em: 23 fev 2015 (adaptado).

TEXTO 3
Enquanto o sexo biológico é determinado por características genéticas e anatômicas, o gênero é uma identidade adquirida e refere-se à variedade de papéis e relacionamentos construídos pela sociedade para os dois sexos. Por isso, o gênero muda ao longo do tempo e varia grandemente dentro das diferentes culturas em todo o mundo.
A igualdade de gênero descreve o conceito de que todos os seres humanos, tanto mulheres como homens, são livres para desenvolver as suas capacidades pessoais e fazer escolhas sem as limitações impostas por estereótipos. Igualdade de gênero não significa que as mulheres e homens têm de ser idênticos, mas que os seus direitos, responsabilidades e oportunidades não dependem do fato de terem nascido com o sexo feminino ou masculino.
Assim, a equidade entre gêneros significa que homens e mulheres são tratados de forma justa, de acordo com as respectivas necessidades. O tratamento deve considerar, valorizar e favorecer de maneira equivalente os direitos, benefícios, obrigações e oportunidades entre homens e mulheres.

Fonte: Princípios de Empoderamento das Mulheres –  Igualdade significa negócios, publicação do Pacto Global da ONU e ONU Mulheres. Disponível em: http://premiowepsbrasil.org/igualdade-ou-equidade-de-genero/.  Acesso em: 23 fev 2015 (adaptado).

I

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s