As Contribuições do Jornal no Trabalho com a Leitura.

Pessoa segurando com a mão direita jornal dobrado

RESUMO

O jornal na escola incentiva o trabalho com a leitura através da criticidade e da discussão sobre a realidade social. Por outro lado ainda existem no interior de muitos estabelecimentos educacionais dificuldades em fazer da leitura uma ação significativa e prazerosa em que os textos estejam condizentes com a realidade dos alunos. Sendo assim, este estudo tem como objetivo trabalhar a leitura de forma significativa, destacando o jornal e sua importância como recurso de ensino e que faz parte da realidade sociocultural do educando. Nesta perspectiva, procurou-se levantar referências através de autores que abordam desde a concepção de leitura até o trabalho com o jornal no ambiente educacional. A metodologia evidencia a pesquisa como qualitativa onde primeiramente foram levantados alguns estudos teóricos de autores como: Maria (2004), Freire (1989), Pavani (2002), Faria (2006) dentre outros. Posteriormente partiu-se para uma pesquisa-ação na Escola Estadual Prefeito Olegário Bernardes, localizada no município de Itapema/SC, onde foi construído o Jornal: “Diário de Itapema” com 32 alunos da 3ª série do Ensino Fundamental, tendo como principal objetivo utilizar o jornal como propiciador do desenvolvimento da leitura, escrita e oralidade nas diferentes disciplinas do currículo. Os resultados evidenciam que o trabalho com o jornal em sala de aula, se bem planejado, propicia ao educando inúmeras contribuições, dentre elas: um rico conhecimento cultural e social tornando a prática da leitura e escrita uma atividade significativa e prazerosa, trabalha também as habilidades sociais, a prática da oralidade, o exercício da cidadania e o estímulo à pesquisa.


1 – INTRODUÇÃO

O propósito deste trabalho é mostrar que a leitura na escola, por ser uma prática social, não se restringe apenas a textos fragmentados de livros didáticos, e sim, um processo abrangente e dinâmico. É nesse contexto que o jornal como recurso didático torna-se um importante instrumento para se trabalhar de forma pedagógica, uma vez que é um meio que dispõe de assuntos que permitem uma reflexão sobre as diferentes situações sociais e culturais proporcionando ao educando inúmeras formas de compreender o mundo.

O jornal apresenta a dinâmica social, expõe a vida acontecendo, e, como tal, aproxima o educando dos assuntos do momento. As fotografias, charges, quadrinhos, propagandas dentre outros gêneros trabalhados neste recurso proporcionam o enriquecimento da interpretação da realidade política e social e, principalmente do trabalho com a leitura e escrita na escola.

Por outro lado, em muitos estabelecimentos educacionais ainda são evidenciadas situações onde o aluno tem dificuldades de ler de forma significativa, além de ter carências também na forma de se expressar e escrever coerentemente. Este problema pode acarretar inúmeros entraves no crescimento intelectual deste educando, comprometendo sua construção de conhecimento em todas as disciplinas e até mesmo para o exercício cidadão.

Diante desse quadro problemático, firma-se cada vez mais a necessidade de criar mecanismos que possibilitem ao indivíduo diferentes leituras de mundo, pois se acredita que ler é e deve ser uma habilidade que a pessoa desenvolve continuamente. O proveito que se tira da leitura depende do que se dá a ela, a leitura em seu sentido produtivo único é sempre um desafio em matéria de pensamento ativo e compreensão.

Sendo assim, este trabalho tem como objetivo trabalhar a leitura de forma significativa, destacando o jornal e sua importância como recurso de ensino e que faz parte da realidade sócio-cultural do educando. Portanto, a relevância deste trabalho encontra-se na necessidade de possibilitar ao educando inúmeras formas de ler, criar e se expressar com o mundo.

 No alcance desta meta, este estudo configura-se de um referencial teórico onde alguns autores serão citados evidenciando o trabalho com a leitura e o jornal na escola. Posteriormente ressalta-se o trabalho metodológico onde uma pesquisa-ação foi realizada numa escola estadual do município de Itapema/SC tendo como sujeitos uma turma de 3ª série onde leciono e como foco a construção de um jornal para dar sustentação empírica e este estudo. Após a evidência do desenvolvimento deste projeto, intitulado pelos alunos como “Projeto Jornal Diário de Itapema” e resultados alcançados, enfocam-se as considerações finais onde os principais conhecimentos e alcance dos objetivos serão destacados.

Espera-se com este trabalho, propiciar situações que não só motivem o educando a se interessar pela leitura, mas também que possibilitem aos profissionais da educação, a compreensão sobre suas responsabilidades na formação de leitores e cidadãos.

Jiane Martins Soares – Licenciatura Plena em Pedagogia com habilitação em docência de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental e Administração Educacional pelo Instituto de Ensino Superior do Amapá – IESAP; Pós-graduação em Psicopedagogia Institucional pela Faculdade Meta de Macapá.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s